Acabei de assistir o documentário da National Geographic sobre o Evangelho de Judas. Já havia lido a revista na época do lançamento.
O vídeo não apresenta nenhuma novidade com relação ao que a revista já tratava, porém é interessante para entender o processo de datação e todo o trabalho de recuperação de manuscritos antigos.
Alguns pontos levantados também são interessantes, mas tudo fica muito ainda na esfera da especulação. Vale como curiosidade.