Realmente…., acho que estou ficando cansado da mediocridade, de pessoas sem capacitação se metendo a falar de todos os assuntos, achando que suas opiniões são as mais certas, suas doutrinas e idéias são as mais fantásticas….

Vivemos tempos em que a mediocridade é celebrada, para ser um intelectual não necessito gastar horas lendo os clássicos, aprimorando minha capacidade de síntese e escrita, basta parecer intelectual, soltar algumas frases de efeito, repetir feito um papagaio algum texto lido na internet….

Hoje é cada vez mais raro pensadores de respeito, aqueles que transpassam as barreiras, sejam suas, sejam a da sociedade, apresentando uma nova visão da realidade. Há que se ter corajem para tanto, há de muitas vezes ter que se violentar, e rasgar o peito para que as palavras saíam gritando como o choro de um recém nascido, se libertando vindo ao mundo, está é a dor das ídeias, do parto intelectual.

E neste rumo vamos, rumo ao vazio ao niilismo e a desesperança.

Mas creio que ainda há esperança…. ainda há aqueles que acreditam que esta situação pode mudar, acreditam que ainda há pessoas que desejam realmente aprender, discutir…..

Ainda me incluo neste grupo… não sei por quanto tempo.

Soli Deo Glória.